Sentes Que Tens Dificuldade Em Tomar Decisões? Onde Podes Encontrar Confiança Nas Decisões Que Tomas…

Qual a direção que devo tomar?

Que caminho seguir?

Estas perguntas surgem com frequência. Perguntar é fácil, responder parece ser muito mais difícil.

O que fazer?

Continua a perguntar e descobre onde podes encontrar as respostas…

O que precisas saber:

  • se as ideias que defendes são fruto das tuas convicções ou dos outros
  • que precisas de te libertar do que os outros pensam de ti, esperam de ti, querem de ti
  • não percas tempo com discussões
  • que és único, não existe ninguém igual a ti
  • que estejas disposto a abrir a tua consciência: que há uma outra fonte de conhecimento à tua disposição que não se baseia na razão e que tem origem noutra dimensão da vida, o Plano Divino – a tua voz interior

Voz interior = eu superior, eu maior, eu verdadeiro, o ser que há dentro de ti. A energia superior Divina que habita cada um de nós.

A voz interior sabe o que é melhor para ti. Guia-te através do amor e do coração. Ajuda-te a descobrir e a manter-te alinhado com o teu propósito de vida. Quanto mais clara for a tua voz mais os teus passos seguem na direcção certa.

Consegues escutar a tua voz interior quando te consegues afastar do ruído para abraçares o silêncio.

5 Possibilidades para escutares o ser belo, puro, perfeito, divino e sábio que há dentro de ti:

  1. Faz uma lista das tuas características pessoais. Reflete sobre cada uma delas: faz parte do teu eu verdadeiro ou é baseada na opinião dos outros a teu respeito?
  2. Concentra-te e aceita a tua intuição. A intuição é uma das formas de comunicação do teu eu superior contigo. Perante uma situação pode impelir-te a avançar ou a teres mais cuidado
  3. Escuta os teus pensamentos. Que indicações te dão? Qual é a fonte dos teus pensamentos? Que vozes criam os teus pensamentos? Mãe, pai, buda, Jesus, amigos, professores…? Abandona estas vozes
  4. Escolhe atividades que te conectam com o teu eu superior: pintar mandalas, tocar um instrumento, cuidar do jardim, cuidar da horta, observar as borboletas, fazer yoga, tai-chi, chi-kung, caminhar pela natureza, ouvir música com sons da natureza…
  5. Meditação em silêncio

Pergunta, acede à tua sabedoria interior e aguarda a resposta. Pode surgir passados pouco minutos, uma semana, um mês. Pode surgir durante a meditação, algum tempo depois, através da conversa entre duas pessoas, de uma mensagem de um livro, de um impulso, intuição, sensações, emoções. Pede que estejas atento ao momento presente e na frequência de estares disposto a receber.

Encontra a tua vontade:

  • O que é importante para ti?
  • O que te faz sentir bem?
  • O que te faz sentir alegria?
  • O que te traz paz interior?
  • O que é certo para ti?

Pergunta, que a resposta vem.

Sê – com direito aos teus sentimentos

Sê – com direito às tuas opiniões

Sê – com direito a abrir o teu coração

Quando a duvida surgir espera. O momento de decidir e atuar chega quando estás preparado: “Não te apresses no caminho, senta-te, descansa um momento e escuta a voz interior” – Lao Tzu

Conecta-te com a tua voz interior. Pacifica o teu coração. A paz interior é condição de felicidade.

Confia na tua voz interior.

Nota: Mestre é aquele que te ajuda a encontrar e a escutar a tua voz interior e aquele que te diz: já não sou necessário pois já estás conectado com o teu eu superior

“Procura saber as suas próprias respostas somente elas o impulsionarão para a real transformação” – Maura de Albanesi

“Seres tu mesmo num mundo que está constantemente tentado que sejas outra coisa é a maior realização” – Ralph Waldo Emerson

Deixe um comentário