Relacionamentos Tóxicos – Constrói a tua Vida

Todas as pessoas com quem tu te relacionas: em casa, na família alargada, no trabalho, na escola, no lazer – que te estão sempre a criticar, que procuram em ti pontos fracos, que gostam de te atacar, de te humilhar, que adoram dar-te ordens, têm contigo comportamentos que criam um relacionamento tóxico.

Nos relacionamentos tóxicos a reciprocidade não existe. Dá-se mais do que se recebe e, muitas vezes, o que se recebe são más palavras e humilhações. As tuas qualidades nunca são reconhecidas ou, quando são, são-no de forma momentânea e facilmente esquecidas.

Aquele que tem comportamentos tóxicos exercendo no outro a desqualificação e inferiorização tem a consciência limitada. Vive de acordo com o padrão social aceite, aprendeu, equivocamente, que o que serve para um serve para todos. Crê que o que as pessoas, de um modo geral, dizem, é o que está certo – o que é um absurdo. Está condicionado ao padrão e condiciona os outros a agir da mesma forma.

Tudo o que o outro faz diferente do padrão cria-lhe medo e insegurança, por isso, usa a posse e o controle de forma a que o outro se sinta incompetente.

A manipulação e o poder estão presentes nos relacionamentos tóxicos, o amor e a compaixão, a aceitação do outro tal como é não existem.

As diferenças são uma ameaça. Há pouca ou nenhuma noção de respeito relativo ao espaço pessoal de cada um. O respeito para consigo próprio e para com o outro não existe naquele que só respeita as crenças e os pensamentos sociais – dado que lhe estão incutidos quer ao nível da mente consciente, quer ao nível da mente inconsciente.

Comportamentos que provocam toxicidade em qualquer tipo de relação provocam-nos feridas emocionais – quer estejamos conscientes disso ou não. Criam fissuras e cisões no nosso equilíbrio e harmonia interior. Colocam-nos numa frequência de negatividade, aprisionando-nos a sentimentos negativos.

Comportamentos e relacionamentos tóxicos geram desconfiança, comparação e competição.

Deixe um comentário