O Poder Das Palavras

Encontrar a paz interior foi para mim, o propósito da minha vida, enquanto ser individual.

Primeiro, encontrando, apenas, no exterior, pessoas, situações e locais que me pudessem ajudar.

Lembra-te que nos é ensinado a esquecermo-nos de nós próprios em prol do desejo dos outros.

Caminhando e, à medida que estou preparada, novos conhecimentos e aprendizagens aparecem no meu caminho.

Conhecimentos e aprendizagens que me fizeram efetuar várias mudanças, nas várias áreas da minha vida.

Para mim, a mudança é sinónimo de crescimento pessoal, abertura de consciência, por isso, costumo dizer, por experiência própria, que quando se muda, muda-se sempre para melhor.

 

Licenciada em Serviço Social, sendo a minha licenciatura, na altura, ainda de 5 anos e, tendo trabalhado em equipas multidisciplinares digo, por experiência pessoal, que a educação formal está muito longe de ensinar o amor incondicional, a unicidade e a verdade da vida.

A vida vai muito para além de preocupação, ansiedade, trabalho árduo, comparação, julgamento e competição.

Tudo o que já passei para chegar até aqui, neste exato momento, foi extremamente poderoso para concluir que, afinal, há uma outra forma de viver a vida – de uma forma bem mais livre e suave do que aquilo que nos é ensinado.

Assim, por tudo isto, a minha missão é partilhar com os outros as minhas descobertas sobre a abertura de consciência a uma nova forma de viver.

Acredito que quanto mais pessoas se sentirem bem consigo próprias mais feliz e construtivo se torna o mundo.

 

Sei que não estamos sempre positivos e sei que a capacidade de resiliência é cada vez maior e efetuada num período de tempo mais breve, quando te defines e sabes que o poder da mudança está em ti e não nos outros e no exterior.

Percebi que , às vezes, a negatividade, por um dia, ou horas, me assalta de uma forma persistente e, aparentemente, magnética. É a minha forma de me libertar. A sua presença contínua e persistente dentro de mim, por um determinado período de tempo, é a forma que ela encontra para sair e me deixar mais leve.

 

No meu processo de abertura de consciência, chegou-me a informação de que as palavras têm poder, que a maioria das pessoas fala na negativa e que há expressões que podem ser abolidas para que haja coerência entre o que queres e o que falas.

Partilho contigo que reaprender a falar leva o seu tempo, eu própria estão no processo de aprendizagem.

Lembra-te que levaste todos os anos da tua vida a falar de uma determinada maneira e que as pessoas à tua volta, na sua grande maioria, ou até na totalidade, continuam a falar no negativo.

A lei da atração não processa o não e o nunca.

Por exemplo: se dizes não quero ficar doente, a mente subconsciente processa quero ficar doente.

Deixo alguns exemplos:

Nunca mais fico sem dinheiro substitui por, tenho sempre dinheiro

Não quero ficar doente substitui por, sou saudável

Não te esqueças de levar os livros substitui por, lembra-te, leva os livros

Despacha-te para não chegares atrasada substitui por, despacha-te para chegares a horas

 

Coragem, determinação e confiança são necessários para a aprendizagem de afirmações positivas.

Sempre que te enganas, é frequente isto acontecer, digo-te por experiência própria, substitui a autocrítica, que te faz sentir culpado e insuficientemente bom, pelo sentimento da gratidão. Agradece a ti próprio a tua abertura de consciência e a capacidade que já tens em perceber que podes dizer de outra forma.

Aqui está outra mudança poderosa das palavras que utilizas e dizes a ti próprio. Substitui o julgamento pelo elogio. Aceita-te como és para conseguires, ao teu ritmo, progredir no teu caminho.

“Caminha e o caminho se abrirá”

Deixe um comentário