Comportamentos tóxicos – Constroi A Tua Vida

Comportamento tóxico é todo e qualquer comportamento que causa efeitos nocivos no desenvolvimento saudável e genuíno da nossa personalidade. Num mundo pejado de pessoas que não estão interessadas em descobrir o melhor de si próprias, muitas delas nem sabem que isso é possível, o dar o melhor de si aos outros e o estar focados em tirar dos outros o melhor dos outros é um comportamento raro de encontrar. Na verdade, a maioria aproveita situações do quotidiano para extravasar mágoas, ódios, ressentimentos e terem instintos de vingança. Encontram-se em estado bélico e prontas para extravasar a destruição. Longe do estado afetuoso do ser, o medo, a insegurança e o conflito interno estão presentes no coração de todo e qualquer ser humano sem consciência de si mesmo. Por isso, é comum encontrarmos pessoas sem qualquer tipo de empatia para com os outros. Podemos agrupá-las em 3 categorias:

Pessoas autoritárias: a pessoa autoritária não se conhece, tem dentro de si uma profunda insegurança, o medo toma conta dela. A insegurança e o medo levam-na a comandar e a determinar a vida das outras pessoas, sem se importarem se elas concordam ou não;

Pessoas manipuladoras: a pessoa manipuladora é, muitas vezes, mais perigosa do que o ditador explícito. É tão insegura que quer tudo do jeito dela e faz com que as coisas aconteçam do jeito dela. Tem por hábito, sobre o assunto ou circunstância em causa, dar duas ou três hipóteses sobre o que a outra pessoa deve escolher. Aqueles que são alvo das hipóteses dadas pelo manipulador têm a ilusão da liberdade de escolha, porque, todas as hipóteses de escolha vão ao encontro da concretização do objetivo da pessoa manipuladora.

Pessoas que utilizam a projeção: estas pessoas evitam o desconforto. Não admitem as falhas cometidas. Como mecanismo de defesa, mantêm os sentimentos no inconsciente e culpam outra pessoa do seu próprio fracasso – utilizam pessoas como bode expiatório.

Estando muitas pessoas sem consciência de si mesmas, em estado bélico, inseguras e com conflitos internos será a família uma instituição segura para o desenvolvimento saudável, harmonioso e afetuoso da criança?

Deixe um comentário