Agir De Acordo Com As Leis Universais Para Alcançar Sucesso E Paz Interior

Está na moda falar de ego humano, no egoísmo e no egocentrismo das pessoas de uma forma que parece ter, na minha opinião, a intenção de diminuir os outros. Chega-se mesmo a chamar os outros de ignorantes escondendo, a meu ver, uma pontinha de ego humano porque o outro ainda não entrou no caminho espiritual e, quem acusa, já entrou. Na verdade, até o mais sábio dos Homens é um ignorante porque todos estamos cá para evoluir até ao último dia da nossa vida.

De acordo com o meu caminho traçado, até este momento em que escrevo este texto, a minha voz interior diz-me que se os princípios universais nos fossem ensinados desde crianças o ego humano tenderia a desaparecer.

Quem somos e onde estamos inseridos?

Pertencemos ao Todo, ao Universo. O Todo é Mente Infinita Universal. Nós existimos na mente do todo. Somos seres mentais e criamos com a nossa mente à imagem e semelhança do Todo. A vibração que emitimos, através dos nossos sentimentos, influencia tudo e todos, por isso se diz todos somos um. As nossas palavras, as nossas ações, os nossos pensamentos, as nossas crenças e os nossos sentimentos influenciam os outros e a Mente Infinita Universal.

A evolução humana está diretamente relacionada com o resgate da consciência. Consciência de que cada ser humano é essência de luz e de amor, que o objetivo é crescer no amor incondicional por si próprio, pelos outros e por tudo aquilo que o rodeia. O objetivo sagrado é a união em consciência ao Todo.

Como se evolui?

A evolução não se faz em linha reta mas, sim, em espiral. Acontece em círculos e a cada ciclo concluído surge a elevação para o círculo acima. Desafios, testes e situações surgem em cada ciclo para que se tenha a oportunidade de aprender e agir cada vez melhor, em conformidade com a definição pessoal e a harmonia universal.

Evoluir também é sinónimo de respeito. Respeito por mim próprio e respeito pelo outro. Respeito pela minha opinião e respeito pela opinião do outro. É aqui que entra a isenção total de julgamento. Aceitar que há ideias e culturas diferentes, que todos estamos em evolução e agimos de acordo com os conhecimentos que temos. Assumir o querer e o propósito individual, sem querer dominar o outro com a nossa escolha, mantem-nos conectados ao Todo. Condenar os outros e/ou querer impor a nossa opinião cria cisões no Todo e impede as coisas de acontecerem. Fazemos parte de uma energia única, prestar atenção às necessidades dos outros é estar em comunhão com o Todo.

Assumir a responsabilidade pelas nossa escolhas também faz parte do processo de evolução. Escolher reconhecer, enfrentar e dominar o que nos impede de sentir amor e alegria afasta-nos da escuridão e aproxima-nos da luz. Este caminho leva-nos ao conhecimento profundo de nós próprios, o encontro com o eu interior acontece.

Quando sintonizados com a nossa essência e o nosso propósito de vida somos coerentes connosco através do pensamento, sentimentos e ações. Libertamo-nos da incongruência que é pensar uma coisa e agir de forma totalmente diferente. Por isso, é importante estar atento à nossa vontade antes de responder sim ou não. Passamos a estar focados, seguimos o nosso rumo sem desvios.

A ação diretiva faz parte do nosso quotidiano. Planear e agir em sintonia com o nosso querer conduz-nos à descoberta da nossa criatividade.

O Universo é altamente criativo e está constantemente criando e recriando várias coisas. Quando estamos conectados ao nosso eu interior estamos conectados com a criatividade universal. Tornamo-nos num canal aberto onde o Poder Divino e a Criatividade Do Universo fluem e se expressam através de nós: começamos timidamente, o conhecimento vai aumentando, as ideias vão surgindo e algo de novo se concretiza. Neste caminho de realização, treinar, treinar, treinar é imprescindível para trazer o nosso melhor. A cada passo, aumentamos a nossa eficiência, a nossa excelência, servindo o Todo. Trazer o nosso melhor para ajudar a melhorar ainda mais este Todo.

Como é que conseguimos trazer o nosso melhor para ajudar a melhorar este Todo?

Equilibrar a energia feminina e a energia masculina que todo o ser humano tem em si

A energia feminina está relacionada com a intuição, a compaixão, a emoção, a criatividade, a empatia , a colaboração, o pensamento holístico. É acolhida no lado direito do cérebro.

A energia masculina contem o pensamento analítico e racional, a determinação, o pensamento linear, a ação. Aloja-se no lado esquerdo do cérebro.

Quando estas energias estão desequilibradas o nosso ser está desarmonizado e à deriva. Quando planeamos e agimos de acordo com a nossa criatividade e intuição estamos plenos do nosso ser, do nosso posicionamento no mundo. A meditação e o relaxamento são fundamentais para equilibrar as duas energias.

Descobrir que tipo de vibração estamos a emitir

Tudo no universo vibra e viaja em padrões circulares. Nós também emitimos vibrações. As nossa vibrações são emitidas pelos sentimentos. Olharmos com honestidade para dentro de nós próprios e percebermos o que estamos a sentir é fundamental pois os maus sentimentos atraiem frequências negativas. Medo, ansiedade, raiva, ressentimento, culpa tristeza e ciúme emitem vibrações que causam desequilíbrio e desarmonia nas nossa vidas, inclusivé a doença.

Ao identificarmos o sentimento negativo é possível assumir a responsabilidade de o eliminar fazendo afirmações positivas. As afirmações positivas são proferidas pelo tempo necessário até que o novo pensamento elimine o sentimento negativo e crie uma vibração de alegria, amor, confiança, entusiasmo, fé ou gratidão. Mudar a vibração pode levar 21, 30 ou mais dias. A mudança faz-se de grau em grau, de estado em estado. Na realidade, a real mudança de vibração acontece quando há coerência entre o pensamento afirmativo e o sentimento que advém desse pensamento. Pensamos alegria e sentimos alegria.

Pensamentos, sentimentos e ações produzem energias que vibram e atraem energias semelhantes, daí a necessidade de coerência. Dizer uma coisa e sentir outra, pensar uma coisa  e agir de forma diferente gera instabilidade e tudo acontece de qualquer maneira, de forma desarmoniosa.

É bom estar o mais consciente possível da vibração que estamos a emitir pois tudo retorna a nós.

Estar totalmente aberto para o novo

Tudo está em movimento, em constante vibração, tudo muda, nada fica estático. Nada é permanente, tudo está em constante mudança. Por isso, as certezas absolutas não existem. O querer controlar tudo revela desconhecimento da existência do princípio da impermanência.

Há que estar totalmente aberto para o novo pois sempre há algo de novo a acontecer. Tudo é possível. Vislumbrar novos caminhos e novas soluções pede que a nossa mente se abra a novos e melhores mundos. A ampliação da nossa consciência, a descoberta do nossa eu interior emana vibrações que impulsionam o movimento que nos vai conduzir a um lugar melhor, algo diferente.

Saber que há para todos

O princípio da abundância pede que se saia do sentimento da falta e da escassez. Compartilhar o que se tem pois tudo no universo se divide para a seguir se multiplicar. Nada é só meu ou só teu, tudo existe no Todo e para todos.

Dizer sim à vida

Ser, estar consciente e atento ao momento presente permite-nos receber aquilo que desejamos.

Não acreditar, duvidar, não ter esperança, não permitir, manipular, controlar ou criar expectativa atrasa ou impede-nos de receber.

Aceitar a lei da gestação

Quando as sementes do nosso querer são lançadas neste manancial energético precisam de tempo para que aja lugar à criação do mesmo. Tudo chega quando estamos preparados para receber.

Deixe um comentário