Aceitar Receber

Vivemos inseridos na cultura da dor. O merecimento está ligado à desvalorização, à impotência, à fraqueza, à pobreza. Num mundo onde se valoriza a correspondência às expectativas dos outros e o seguimento dos padrões aceites só tem valor e merecimento quem se esquece de si próprio e se doa ao outro por inteiro.

Amor Próprio é facilmente confundido com egoísmo e algo muito conveniente para quem gosta de se sentir e pensar, equivocadamente, que é superior aos outros.

Numa mentalidade mediocre onde se usam as palavras e as acções culpa e castigo, em geral, sentimo-nos condicionados a aceitar receber. Merecimento é aquilo que torna alguém ou algo digno de prémio ou castigo.

Num mundo pejado de desqualificações a nós próprios, sentirmo-nos merecedores de receber a totalidade das possibilidades que o Universo tem para oferecer, parece ser algo inantíngivel para a maioria dos seres humanos.

O nível de merecimento está diretamente relacionado com a importância que damos a nós próprios e a importância que damos a nós próprios está diretamente relacionada com a importância que nos deram e nos dão desde crianças.

Se crescemos aceites num ambiente onde somos aceites tal como somos, o que é raro, o nosso nível de merecimento é enorme 🙂 se fomos castrados da nossa verdadeira essência, em maior ou menor grau, o nível de merecimento é mais baixo e, para alguns, chega mesmo a ser imperceptível que se é merecedor de receber.

A maioria de nós, tem incutidas na mente consciente e inconsciente, mensagens e palavras que bloqueiam o nosso acesso a aceitar receber, por inteiro, tudo o que o Universo tem para nos dar, dia após dia.

Este é um sentimento muito negativo que nos impede o nosso crescimento e valorização pessoal.

Urge libertarmo-nos deste condicionamento, aceitarmos o nosso valor pessoal, aceitarmos que temos direito a receber o melhor que o Universo tem para oferecer – Prosperidade: abundância, tempo, amor, alegria, criatividade, paz. Tudo o que é bom, tudo o que está ligado ao nosso verdadeiro eu e a este Todo onde estamos inseridos.

É preciso compreender que quanto menos nos sentimos merecedores de receber menos recebemos. Quanto mais nos sentimos merecedores de receber mais recebemos.

É natural e é um direito nosso recebermos algo agradável, um elogio sincero, um presente.. É natural aceitarmos o que nos oferecem.

Também faz parte do sistema saber receber ajudar os outros, sem nunca nos esquecermos de nós próprios. Esta ajuda tem que ser voluntária, genuína, com amor e alegria e nunca, em caso algum, está relacionada com as expectativas dos outro e padrões estabelecidos. Só o que é feito de forma espontânea, que brota genuinamente do nosso coração com afeto tem retorno positivo.

Ao contrário das nossas expectativas nem sempre e, até mesmo, muitas vezes, o retorno não vem da pessoa que ajudamos ou do lugar que ajudamos a edificar. Não recebemos, necessariamente pela mesma via. Podemos ajudar de um lado e receber por outro.

Também, muitas vezes, não aceitamos receber porque, naquele momento, não temos condições para retribuir a quem nos está a ajudar. Ao longo da nossa vida, o Universo vai mobilizar pessoas e situações que vamos ter oportunidade de ajudar. Recebemos de um lado e ajudamos do outro.

A lei do retorno não é imediata. Tal como existe um tempo natural para que a semente se transforme em flor também há um tempo natural entre o dar e o receber. O que fazemos para ajudar volta para nós, se aceitarmos receber 🙂

Não sabemos o que vai voltar, não sabemos o que vamos receber de volta. Apenas temos que estar abertos a receber: sair de casa é importante, aceitar um convite, aceitar uma indicação, aceitar uma sugestão de uma leitura, aceitar escutar se alguém te chama, aceitar uma dica. Tudo o que está em sintonia com a nossa essência aceitamos receber. Escuta o teu coração, ele sabe o que é certo para ti 🙂



1 comentário em “Aceitar Receber”

  1. Gostei do texto, temos realmente dar mais de nós, o que nem sempre estamos preparados para o fazer. Por vezes queremos logo de volta colher os frutos sem amadurecem, esperar é uma grande virtude, mas falo por mim, saber esperar, ouvir o silêncio, aceitar as críticas, para melhor defender delas.

    Responder

Deixe um comentário